Assinar
Sociedade

Câmara de Leiria vende escolas primárias e outros dois imóveis por 235 mil euros

O município de Leiria vendeu hoje, em hasta pública, três antigas escolas primárias, um edifício e um terreno rústico pelo montante de 235.537 euros.

O município de Leiria vendeu hoje, em hasta pública, três antigas escolas primárias, um edifício e um terreno rústico pelo montante de 235.976 euros, ou seja, mais 75.139 euros do que o valor base de licitação.

Feijão foi uma das escolas vendidas (fotografia de arquivo: Joaquim Dâmaso)

Segundo a autarquia, parte do lucro obtido com a venda dos três estabelecimentos de ensino será investido na freguesia de Colmeias, onde se localizam.

Raul Castro, presidente da Câmara de Leiria, considera o resultado da hasta pública “extremamente positivo”, pois permitirá que os edifícios em causa possam ser ocupados, o que, segundo o próprio, citado pelo gabinete de imprensa da autarquia, contribuirá para que não se degradem e passem a ter de pagar Imposto Municipal sobre Imóveis.

A antiga Escola Básica do 1º Ciclo do Barracão tinha como valor base de licitação 42.278 euros e foi vendida por 71.279 euros. A antiga Escola Básica do 1º Ciclo do Feijão partiu para a hasta com um valor base de 29.562 euros e foi adquirida por 70.000 euros. A antiga Escola Básica do 1º Ciclo do Barreiro tinha como base 42.317 euros e foi comprada por 43.317 euros.

Nesta a hasta pública, foi ainda vendido um edifício situado na Quinta da Cerca, na freguesia das Cortes, que tinha como valor base de licitação 41.730,00 euros e foi vendido por 42.730,00 euros. Também um terreno rústico localizado em Monte Redondo, que tinha como valor base de licitação 4.950,00 euros, foi vendido por 8.650,00 euros.

A Câmara de Leiria realizará ainda uma nova hasta pública para tentar vender os três imóveis que não foram licitados, bem como outros edifícios que se encontram desocupados.

Não houve licitações para a compra da antiga Escola Básica do 1º Ciclo de Lameiro, na freguesia de Carvide; para a antiga Escola Básica do 1º Ciclo de Crasto, na freguesia de Colmeias; e para uma fração de um prédio na Rua de S. Francisco e Avenida Cidade Maringá, na freguesia de Leiria.

(Valores das vendas retificados pela Câmara de Leiria no dia 6 de junho de 2013)

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.