Assinar
Sociedade

Explosão em fábrica de chumbo em Azoia causa um morto e dois feridos graves

Uma explosão, seguida de incêndio, na fábrica Polvichumbo, em Azoia, provocou uma vítima mortal e três feridos, dois deles em estado grave, hoje, quarta-feira, pelas 12h46 (em atualização)

Uma explosão, seguida de incêndio, na fábrica Polvichumbo, em Azoia, provocou uma vítima mortal e três feridos, dois deles em estado grave, hoje, quarta-feira, pelas 12h46.

O incidente, cujas causas são, por agora, desconhecidas, aconteceu pelas 12h46 e ocorreram ao local 39 elementos dos Bombeiros Municipais de Leiria, apoiados por 16 viaturas.

As vítimas em estado grave eram dois funcionários da empresa e o terceiro ferido, ligeiro, foi um bombeiro que ocorreu ao local, informou o comandante da proteção civil municipal, Artur Figueiredo ao nosso jornal.

“Os dois feridos graves são trabalhadores da fábrica e a vítima mortal também. O ferido ligeiro é um bombeiro”, disse.

Os bombeiros continuam no local a desenvolver trabalhos e analisar a fábrica. A vítima mortal, ao início da tarde, ainda não tinha sido retirada do local.

Sobre a eventualidade de mais vítimas, o comandante da Proteção Civil Municipal, em declarações aos órgãos de comunicação, descartou tal hipótese. “De momento, de acordo com a informação de que dispomos e do resultado da busca primária que fizemos, não há mais vítimas, mas não o posso assegurar nesta altura”.

Este terá sido o primeiro acidente com gravidade registado nesta empresa que,  há vários anos, existe naquele local.

Carlos Almeida
Joaquim Dâmaso (fotos)

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.