Assinar
Mercado

Mercado grossista do Falcão vai passar para a Barosa

O atual mercado grossista do Falcão, na freguesia de Marrazes, vai ser transferido para a Barosa, para a antiga fábrica João Ruano. A aquisição custará 1,2 milhões de euros.

O atual mercado grossista do Falcão, na freguesia de Marrazes, vai ser transferido para a Barosa. A Câmara Municipal de Leiria aprovou, em reunião de vereadores, a aquisição de um imóvel com esta finalidade, pelo valor de 1,2 milhões de euros.

streetviewO executivo pretende melhorar as condições em que decorre a venda para atrair mais produtores agrícolas e retalhistas.

No entendimento do município, o mercado do Falcão não pode ser aposta de futuro, uma vez que se situa junto ao aeródromo de Leiria, em terreno privado, o que prejudica a atividade e dificulta a construção de infraestruturas cobertas.

Nos últimos dez anos, o número de vendedores diminuiu de 321 para 152, enquanto a receita para a autarquia baixou de 357 mil para 155 mil euros.

O imóvel que a Câmara tenciona adquirir na Barosa é a antiga fábrica João Ruano, propriedade do fundo de investimento imobiliário Lusimovest. Os vereadores da oposição (PSD) abstiveram-se.

O complexo industrial fica a dois quilómetros do acesso às autoestradas A8 e A17. Conta 18 mil metros quadrados e oito mil são área coberta.

De acordo com o vereador Vítor Marques, no ano passado inscreveram-se oito novos vendedores e 104 novos retalhistas no mercado grossista do Falcão.

(Notícia publicada na edição de 23 de janeiro de 2014)

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.