A multinacional alemã Aldi pretende construir um supermercado perto da rotunda da Cruz da Areia, num terreno diante das instalações da Direção Regional de Agricultura (antiga Zona Agrária). O pedido de informação prévia já tem parecer positivo da Câmara Municipal de Leiria.

De acordo com dados comunicados pela empresa, está em causa uma área bruta de construção totalizando 1.300 metros quadrados, num espaço com 12 mil metros quadrados, enquanto a área de venda ao público ascende a 900 metros quadrados. O dossiê apresentado à autarquia inclui 80 lugares de estacionamento, zona verde e um novo arruamento.

Com este investimento, a marca aumentará para quatro o número de lojas na região. Presente na Gândara dos Olivais (Leiria) e na Marinha Grande, encontra-se também em Ourém, no distrito de Santarém. A estratégia de expansão é para continuar.

No seu site, a multinacional informa que procura terrenos e lojas para abertura de mais supermercados em Portugal, onde soma três dezenas de pontos de venda, desde 2006.

Atualmente em 17 países, os estabelecimentos Aldi cara­terizam-se por uma oferta baseada em menos artigos e preços mais baixos. Um conceito discount semelhante ao do concorrente Lidl.

O modelo poupa na quantidade de produtos, no número de funcionários e na própria decoração e organização das lojas. Trata-se da maior cadeia alimentar na Alemanha e os seus proprietários, Karl e Theo Albrecht, constam regularmente da lista Forbes dos mais ricos do mundo.

O REGIÃO DE LEIRIA contactou o escritório da Aldi em Portugal, que não se mostrou disponível para qualquer esclarecimento.

(Notícia publicada na edição de 5 de junho de 2014)