Select Page

Casa Varela. Korrodi estimula a faceta cosmopolita de Pombal

Casa Varela. Korrodi estimula a faceta cosmopolita de Pombal

Faltam poucos minutos para as 23 horas de sábado e há um homem fechado numa caixa. Tenta desesperadamente sair e beber de uma garrafa trémula. Ao suplício junta-se o improviso asfixiante da banda jazz. É uma performance contemporânea sobre emigração, corpo e movimento, digna de qualquer cidade cosmopolita – e, no mínimo, rara em Pombal.

No início de agosto, os Slow Is Possible levaram à cave do edifício jazz contemporâneo

A atuação foi uma das várias propostas de “Ruturas”, programa cultural que a artista plástica Judite da Silva Gameiro propôs ao município de Pombal. A intenção é dar vida à histórica Casa Varela, também ela a “acordar” com obras de recuperação.

O projeto arrancou nas Festas do Bodo e o regresso de muitos emigrantes serviu de inspiração. Artistas de Pombal e de fora criaram propostas para o edifício projetado pelo arquiteto Ernesto Korrodi. Leonel Mendrix foi um deles.

Participar no ressuscitar da Casa Varela foi “um sonho transformado em realidade”, assume o músico de Pombal. Além disso, sublinha a importância de integrar “um grupo onde não conhecia a maior parte das pessoas, mas que se demonstraram muito empenhadas e inspiradoras!”.

p57bodo1

A oferta da Casa Varela foi uma das novidades das Festas do Bodo em 2014 (fotografia: Jorge Ferreira)

Judite da Silva Gameiro reconhece na casa uma “alma especial”. “Aqui, quisemos misturar linguagens artísticas, gerações, éticas e culturas”, nota a artista, ela própria uma emigrante que regressou a casa. A reação tem sido positiva. “Nasceu um novo espaço em Pombal. As pessoas não querem que pare, querem que continue dinâmico”.

Leonel Mendrix concorda: “Esta é uma forma de recomeçar bem a vida de um edifício tão histórico para a cidade. Com tudo o que vivi nesta casa, senti todo um ambiente de grandes desejos!”.

O futuro uso do edifício, propriedade municipal, não está definido. Mas, pelo menos durante mais este fim de semana, continua a fervilhar. “O objetivo é oferecer cultura. As pessoas têm tido aqui acesso a concertos e temas diferentes. Aqui honramos a emigração e o povo de Pombal! E ideias para continuar não faltam!”, garante Judite da Silva Gameiro.

Programa

8 de agosto
O tema do dia é “A emigração, poesia e dança”. A partir das 21h30 há debate com presença de diversos poetas, artistas e músicos. Às 23h30, tocam os Birds Are Indie

9 de agosto
“A emigração fotografia e cinema” inspira novo debate, com presença do fotógrafo Gérald Bloncourt, do realizador Pedro Neves, da emigrante Maria da Conceição Tina e de diversos artistas. O concerto final é dos Gondawa

10 de agosto

O Dia Mundial da Emigração é assinalado das 16 às 20 horas, com a presença do frei Sales Diniz e José Cardoso Marques e música d’Os Gaiteiros

IMG_0378_a

 

A casa

Erguida nos anos 30 do século XX em pleno centro histórico de Pombal, a Casa Varela (ou dos Varelas) é um projeto de Ernesto Korrodi. Adquirido pela Câmara de Pombal em 2011, foi classificada em 2012 como monumento de interesse público. Numa das últimas ocupações serviu de talho. Em fase de recuperação, não tem ainda destino definido

Manuel Leiria
manuel.leiria@regiaodeleiria.pt

(Notícia publicada na edição de 7 de agosto 2014)

1 Comentário

  1. manuel gomes

    Há muitos anos que não vivo em Pombal porque nos anos 60, acabado o ensino secundário, com mágoa,a maioria tinha de partir, por falta de oportunidades na nossa terra. Apesar disso a alma e o coração permanecem por aí. Isto, para dizer que é com muita satisfação que vejo a recuperação da casa Varela. É,sem duvida,parte da história de Pombal. Até de Escola serviu! Lembram-se das aulas de Física com o Prof. Rogério?! E das aulas de religião e moral com o Sr.Prior da altura cujo nome não me lembro?! A minha geração nunca deixará de sentir especial carinho por essa grande casa.Vivam Pombal e os Pombalenses

    Responder

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda com a classificação do património do cemitério de Leiria?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo

Share This