Assinar
Cultura

"Resiliência" de Rute Violante nos Encontros da Imagem de Braga (fotogaleria)

As imagens da fotógrafa de Leiria foram selecionadas para a projeção em slide na “Open Call”, dedicada ao tema “Fé e Esperança”.

(Fotografias de Rute Violante)

 

 

“Resiliência”, de Rute Violante, está hoje nos Encontros da Imagem, de Braga. As imagens da fotógrafa de Leiria foram selecionadas para projeção em slide na “Open Call” do festival dedicada ao tema “Fé e Esperança”. Lá, mostra-se a exploração de contrastes e semelhanças, numa narrativa visual sobre desejos e angústias do ser humano.

O trabalho de Rute Violante foi produzido no âmbito do Mestrado, em torno do conceito de transcendência e metamorfose do homem na tentativa de sobreviver.

Para “Resiliência”, a fotógrafa registou reclusos e o ambiente prisional:

“Este projeto visa ilustrar com fotografias o conceito de resiliência tendo como base uma Prisão através de imagens que representam as ‘metamorfoses’ pelas quais os reclusos passam. Haverá sempre um episódio traumático (neste caso; a toxicodependência; o crime; a prisão, a morte de alguém muito próximo) e uma busca pela cura entendida aqui como um renascimento. Uma nova oportunidade”, explica Rute Violante.

A sessão acontece esta sexta-feira, 19 de setembro, a partir das 23 horas, no espaço Toca, em Braga.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar