Assinar
Sociedade

Petição nascida na Holanda quer Marinha Grande 100% ecológica

E se a Marinha Grande fosse a primeira cidade em Portugal 100% limpa e seguidora de energias renováveis? Utopia? Talvez. Mas Catarina Gomes lançou o desafio sobre a forma de petição online.

E se a Marinha Grande fosse a primeira cidade em Portugal 100% limpa e seguidora de energias renováveis? Utopia? Talvez. Mas Catarina Gomes, uma jornalista atualmente a trabalhar na Holanda, lançou o desafio sobre a forma de petição online.

A ideia é chegar às cinco mil assinaturas e entregar o documento ao presidente da Câmara da Marinha Grande.

A fazer fé nos números que são exibidos pela própria petição, tem ainda um longo caminho a percorrer. Mas nem por isso Catarina Gomes desarma:

“Estou a falar com ativistas ambientais, engenheiros, trabalhadores da câmara e principalmente os habitantes da Marinha Grande”, explica.

A Conferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP20), a decorrer em Lima (Peru), foi o mote.

Catarina Gomes interessa-se pelo tema e quando percebeu que a Avaaz, uma organização global de civismo conhecida pelas petições online, pedia que se avançassem com ações a nível local, decidiu agir.

“Primeiro que tudo a conservação do meio ambiente e a redução do nosso consumo tem de ser um dos pontos mais importantes da agenda da câmara”, defende. A mobilização local em torno da sustentabilidade ambiental, é a ideia central.

marinhagrande

(Notícia publicada na edição de 11 de dezembro de 2014)

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.