Assinar
Sociedade

Posto médico da Cruz Vermelha com "grande afluxo de peregrinos"

O posto médico avançado da Cruz Vermelha, situado junto ao Santuário, na zona sul, registou “grande afluxo de peregrinos”, explica Gonçalo Órfão, médico da Cruz Vermelha e responsável desse posto avançado.

O posto médico avançado da Cruz Vermelha, situado junto ao Santuário, na zona sul, registou “grande afluxo de peregrinos”, explica Gonçalo Órfão, médico da Cruz Vermelha e responsável desse posto avançado.

18472158_1568931889806968_90565196_o
Grupo de voluntários da Cruz Vermelha num período de maior acalmia ao posto médico avançado

“Tivemos muita intervenção, mas similar a anos anteriores, com grande afluxo de peregrinos a requerer assistência de socorro, nalgumas situações mais simples e noutras mais complexas”, explica o clínico responsável pelo posto que, nesta altura do pico de afluência, conta com três médicos, seis enfermeiros e vários outros voluntários de apoio, totalizando 15 pessoas.

A este posto afluem peregrinos com situações mais significativas de doença súbita e outras de patologias dos caminhantes e outras ainda resultado da grande aglomeração de pessoas na zona, explica ainda Gonçalo Órfão.

Não obstante, a reportagem do REGIÃO DE LEIRIA encontrou o grupo de voluntários num período de maior acalmia, numa altura em que decorriam as cerimónias presididas pelo Papa Francisco, a meio da manhã deste sábado, dia 13. “Durante a missa está mais calmo. Quanto mais calmo melhor, é bom sinal, é sinal de que [as pessoas] estão a aguentar”, refere o médico.

A Cruz Vermelha conta com dois postos de socorro e o posto avançado, no Parque 10, perto da Casa Episcopal. Na zona norte do Santuário existe ainda um posto similar da responsabilidade do INEM.

Martine Rainho

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.