Select Page

Leiria está no mundial de skyrace com atletas do Clube de Atletismo da Barreira

Clube de Atletismo da Barreira é o clube com mais atletas na seleção nacional Fotos: Joaquim Dâmaso

Tem hoje início e prolonga-se até sábado, dia 15, o Campeonato do Mundo de Skyrunning, na Escócia. O evento junta 1.830 corredores de montanha, provenientes de 40 países, que vão participar em três disciplinas: Vertical, Sky e Ultra.

Portugal é um dos países representados e a comitiva integra dois atletas de Leiria. Sara de Brito e Délio Ferreira, do Clube de Atletismo da Barreira – Sky Barreira, já estão em território escocês e fazem parte da equipa com mais representantes na seleção.

Sara de Brito, vice campeã nacional, vai participar amanhã, sexta-feira, na Salomon Ben Nevis Ultra, com 52 km e 3.820 metros de progressão vertical.

Já Délio Ferreira integra a Salomon Ring of Steall SkyRace, no sábado, tendo que correr 29 km com 2.500 metros de progressão vertical.

Miguel Saraiva, treinador da Sky Barreira, vai vestir o fato de atleta e experimentar a prova Vertical, de 5 km com um desnível positivo de mil metros.

A equipa nacional terá mais uma representante da região. Bárbara Fernandes, de Porto de Mós, que corre pelo Montanha Clube Trail Running (Lousã) , vai participar na distância de 29 km.

Pode acompanhar as provas na página do Mundial.

<p>É uma modalidade que está em ascensão e nós gostamos de desafios diferentes e quisemos experimentar. (…)  A minha distância é uma ultra distância, com 52 km e mais altimetria. Bastante exigente.</p> <p> </p> Sara Brito

Atleta , Clube de atletismo da Barreira

<p>Representar o país é sempre uma coisa diferente, não é todos os dias que se consegue representar Portugal. É um prémio ao final da época.</p> <p> </p> Délio Ferreira

Atleta, Clube de atletismo da Barreira

[Skyrunning] é uma disciplina com mais altimetria e mais montanha [do que o ultra trail]. A Sara e o Délio já estavam habituados a isso e, este ano, criámos a equipa para disputar a Taça de Portugal e para eles se adaptarem à exigência da prova. Miguel Saraiva

Treinador e atleta, Clube de atletismo da Barreira

Sara Brito e Délio Ferreira com Vasco Noronha, da Real Padaria Foto: Joaquim Dâmaso

A equipa leiriense viajou ontem, quarta-feira, para a Escócia, e na bagagem levou uma caixa com queques de limão, uma oferta da Real Padaria, em Leiria.

Esta não é a primeira vez que o estabelecimento “alimenta” os atletas, e a seleção nacional, em provas internacionais.

No ano passado, a Real Padaria também entregou queques de limão à seleção nacional, para o Campeonato do Mundo em Itália.

Será que os queques têm um ingrediente especial que dão força aos atletas portugueses? 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

A programação da Capital Europeia da Cultura deve ou não incluir espetáculos tauromáquicos?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo

Share This