Select Page

Leiria está no mundial de skyrace com atletas do Clube de Atletismo da Barreira

Clube de Atletismo da Barreira é o clube com mais atletas na seleção nacional Fotos: Joaquim Dâmaso

Tem hoje início e prolonga-se até sábado, dia 15, o Campeonato do Mundo de Skyrunning, na Escócia. O evento junta 1.830 corredores de montanha, provenientes de 40 países, que vão participar em três disciplinas: Vertical, Sky e Ultra.

Portugal é um dos países representados e a comitiva integra dois atletas de Leiria. Sara de Brito e Délio Ferreira, do Clube de Atletismo da Barreira – Sky Barreira, já estão em território escocês e fazem parte da equipa com mais representantes na seleção.

Sara de Brito, vice campeã nacional, vai participar amanhã, sexta-feira, na Salomon Ben Nevis Ultra, com 52 km e 3.820 metros de progressão vertical.

Já Délio Ferreira integra a Salomon Ring of Steall SkyRace, no sábado, tendo que correr 29 km com 2.500 metros de progressão vertical.

Miguel Saraiva, treinador da Sky Barreira, vai vestir o fato de atleta e experimentar a prova Vertical, de 5 km com um desnível positivo de mil metros.

A equipa nacional terá mais uma representante da região. Bárbara Fernandes, de Porto de Mós, que corre pelo Montanha Clube Trail Running (Lousã) , vai participar na distância de 29 km.

Pode acompanhar as provas na página do Mundial.

<p>É uma modalidade que está em ascensão e nós gostamos de desafios diferentes e quisemos experimentar. (…)  A minha distância é uma ultra distância, com 52 km e mais altimetria. Bastante exigente.</p> <p> </p> Sara Brito

Atleta , Clube de atletismo da Barreira

<p>Representar o país é sempre uma coisa diferente, não é todos os dias que se consegue representar Portugal. É um prémio ao final da época.</p> <p> </p> Délio Ferreira

Atleta, Clube de atletismo da Barreira

[Skyrunning] é uma disciplina com mais altimetria e mais montanha [do que o ultra trail]. A Sara e o Délio já estavam habituados a isso e, este ano, criámos a equipa para disputar a Taça de Portugal e para eles se adaptarem à exigência da prova. Miguel Saraiva

Treinador e atleta, Clube de atletismo da Barreira

Sara Brito e Délio Ferreira com Vasco Noronha, da Real Padaria Foto: Joaquim Dâmaso

A equipa leiriense viajou ontem, quarta-feira, para a Escócia, e na bagagem levou uma caixa com queques de limão, uma oferta da Real Padaria, em Leiria.

Esta não é a primeira vez que o estabelecimento “alimenta” os atletas, e a seleção nacional, em provas internacionais.

No ano passado, a Real Padaria também entregou queques de limão à seleção nacional, para o Campeonato do Mundo em Itália.

Será que os queques têm um ingrediente especial que dão força aos atletas portugueses? 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga-nos

Primeira Página

Semana de Moldes 2018

Publicidade

Pergunta da semana

A carregar

Concorda com a criação de um imposto para financiar a Proteção Civil?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Share This