Assinar Edições Digitais
Nazaré

Praticante de “base jumping” morre após saltar do Sítio da Nazaré

Um homem morreu esta manhã quando praticava “base jumping” na Nazaré. O paraquedas com que saltou do Sítio da Nazaré não abriu, tendo a vítima caído na escarpa.

Um homem morreu esta manhã quando praticava base jumping na Nazaré. O paraquedas com que saltou do Sítio da Nazaré não abriu, tendo a vítima caído na escarpa.

Segundo Paulo Gomes Agostinho, capitão do Porto da Nazaré, o homem, de 50 anos, de nacionalidade alemã e que se encontrava de férias em Portugal, saltou de uma altura de 95 metros com outro praticante, mas o paraquedas abriu “demasiado tarde”, já depois de ter embatido nas rochas.

O acidente ocorreu pouco depois das 12 horas, tendo o corpo sido resgatado pelos bombeiros.

Ao REGIÃO DE LEIRIA, Paulo Agostinho adianta que o base jumping –  modalidade na qual o base jumper salta de penhascos, prédios, antenas ou pontes – é frequente na Nazaré apesar de considerar ser uma “atividade de grande risco”.

Acidente ocorreu cerca das 12 horas Foto de arquivo