Select Page

GNR deteta descargas ilegais na Ribeira dos Milagres

O Núcleo de Proteção do Ambiente de Leiria, da GNR, detetou e identificou a origem de duas descarga de águas residuais, na Ribeira dos Milagres e os seus afluentes, esta semana.

As descargas ocorreram na quarta e quinta-feira e eram provenientes de explorações agropecuárias, divulgou a GNR de Leiria em comunicado.

“No decorrer de uma ação de avaliação e monitorização da Bacia Hidrográfica do Rio Lis, os militares detetaram descargas de águas, com resíduos industriais, sem qualquer tratamento sanitário, efetuadas diretamente para um afluente daquele rio”, refere a mesma nota.

Após algumas diligências, foram identificados os pontos de origem das descargas e verificou-se que os “resíduos apenas podem ser valorizados através da sua colocação em terrenos agrícolas, para efeitos de fertilização ou, em alternativa, podem ser encaminhados para estações de tratamento, sendo proibido o seu encaminhamento para linhas de água”, como se verificou nas situações detetadas.

A GNR de Leiria elaborou “dois autos de notícia pelo crime de poluição dos recursos hídricos, crime este punido com pena de prisão até 3 anos ou pena de multa até 600 dias, tendo os factos sido remetidos para o Tribunal Judicial de Leiria”.

Na quarta-feira, a Comissão de Defesa da ribeira dos Milagres também tinha denunciado uma “nova descarga violenta” no curso de água.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

A restrição do horário dos bares em Leiria é suficiente para resolver os problemas do ruído?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo

Share This