Select Page

Património secular do vinho discute-se, este sábado, em congresso internacional

De que forma a produção de vinho constrói a identidade histórica e cultural de um território? Que símbolos se mantêm vivos com o passar dos tempos? E como se unem o passado e o futuro de uma herança vinhateira?

Estas e outras questões vão ter resposta no Congresso Internacional Enomemórias & Enoturismo que decorre, este sábado, 9 de novembro, no Museu do Vinho de Alcobaça, a partir das 10 horas.

O tema “A paisagem e o património secular do vinho. Os vinhos históricos” estará repartido em dois painéis: “Património secular do vinho. O caminho da história”, às 10h30 e “Vinhos históricos. Salvaguardar o futuro”, às 15 horas. Às 12h30 será lançada a obra científica “Os territórios culturais do vinho. Paisagem, museus, comunidade” e, às 18 horas, é exibido o filme “Mother vine: A mátria do vinho de Ken Payton”.

São oradores do congresso, entre outras personalidades, Aurélio de Oliveira, professor catedrático da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Eduardo Gonçalves, diretor do CEDTUR – Centro de Estudos de Desenvolvimento Turístico, Virgílio Loureiro, professor associado do Instituto Superior de Agronomia da Universidade de Lisboa, e Luís Elías Pastor, antropólogo.

O congresso internacional é uma organização da Câmara Municipal de Alcobaça e do Museu do Vinho de Alcobaça.

Mais informações sobre o encontro podem ser obtidas na página de Facebook do Museu do Vinho: https://bit.ly/2K1koyt.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda que a Agência Mundial Antidopagem tenha proibido a Rússia, durante quatro anos, de participar em todas as competições desportivas globais?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Publicidade

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo