O Tribunal de Leiria decretou prisão preventiva a um homem de 36 anos suspeito da prática de 11 crimes de furto qualificado, disse hoje a Procuradoria da República da Comarca de Leiria.

O Ministério Público apresentou a primeiro interrogatório judicial um homem de 36 anos, indiciado da prática de 11 crimes de furto qualificado e cinco crimes de furto simples.

Segundo a nota do MP, os factos em investigação foram cometidos entre setembro e novembro, “período em que o arguido se dedicou, juntamente com outros indivíduos, à prática de furtos de bens de valor em estabelecimentos comerciais ou de outra natureza, na zona de Leiria”.

Para cometer os crimes, o detido furtava veículos que depois utilizava naquela atividade, para “melhor alcançar os seus intentos e iludir as autoridades policiais”, lê-se na nota.

O arguido já foi condenado e cumpriu pena de prisão por crimes contra o património e por furto.

Lusa