O surfista brasileiro Pedro Scooby, da equipa Brasil que participa no Nazaré Tow Surfing Challenge 2019, foi apanhado por uma onda gigante da Praia do Norte esta quarta-feira de manhã, 13 de novembro, ficando perdido no mar durante mais de meio minuto, até ser resgatado pelo alemão Sebastian Steudner.

Scooby chegou à areia quase sem reação, sendo reanimado por Steudner.

Num vídeo partilhado no Youtube, o brasileiro explicou a situação limite por que passou:

“Estou vivo! Foi o mais perto da morte que já cheguei. Fiquei várias ondas em baixo de água, todo o mundo me procurando… conseguiram me achar depois de um tempo. Graças a Deus estou bem”.

Pedro Scooby lembra-se mal do momento crítico. “Quando ele chegou perto estava meio desorientado”.

Já na praia, foi necessária a reanimação:

“Passei mal depois que saí da água. Quero agradecer muito ao Sebastian [Steudner]. Foi o meu anjo, foi muito especial para mim. Ele resgatou-me quando estava perdido, ele levou-me para a areia, ajudou-me a vomitar e tinha um equipamento no carro dele, com oxigénio; ‘botou’ cobertores em cima de mim e fiquei a respirar oxigénio por uns 30 minutos”.

Scooby, que faz equipa com Rodrigo Koxa, admite estar “meio quebradinho” com o que aconteceu.

“Mas estou vivo! Fui perto da morte? Fui! Mas estou vivo? Estou! Vamos comemorar. Problemas acontecem e a vida continua. Isto faz-me dar ainda mais valor à vida. De uma hora para a outra tudo pode acabar”, diz o surfista, no vídeo que partilhou.

Esta não foi a primeira vez que Pedro Scooby foi apanhado pelas ondas gigantes da Nazaré. Em 2017, o surfista brasileiro protagonizou outro momento difícil, sendo apanhado, também, durante a operação de resgate na mota de água, como se pode ver no vídeo.