Serviços foram deslocalizados para o Parque de Manobras/Centro de Exames, em Azabucho, Pousos Foto: Joaquim Dâmaso

As obras do edifício da Delegação Distrital de Viação de Leiria, também conhecido como IMT, situado em S. Romão, na cidade de Leiria, estão a avançar e deverão ficar concluídas no início do próximo ano.

O edifício está fechado desde setembro passado, o que obrigou à deslocalização temporária dos serviços e do atendimento ao público que passaram a funcionar no Parque de Manobras/Centro de Exames, em Azabucho, Pousos.

A intervenção, segundo o Instituto de Mobilidade e dos Transportes (IMT), estava prevista durar até final do ano, mas é possível que se prolongue nas primeiras semanas de 2020.

Para aceder aos serviços, os cidadãos podem recorrer, em alternativa, ao portal da internet (IMTonline), ou dirigir-se a um dos 61 Espaços Cidadão disponíveis no distrito para revalidação da carta de condução, pedido de segunda via ou substituição, averbamento do Grupo 2 e restrição 997 na carta de condução.

Estas obras de remodelação do edifício, reivindicadas há vários anos por falta de condições para os utentes e funcionários, vão custar cerca de 608 mil euros e têm um prazo de execução de 105 dias.