Uma mulher de 34 anos foi assassinada a golpes de x-ato na noite desta sexta-feira, 27 de dezembro, ao que se presume pelo companheiro no apartamento onde ambos viviam, com dois filhos da vitima, menores de idade, numa das torres do Centro Comercial Maringá, na cidade de Leiria.

O crime ocorreu pelas 21 horas num cenário de violência doméstica, no interior de um apartamento  do 2º andar do prédio, e envolveu um casal de nacionalidade brasileira, que estava acompanhado pelos dois filhos dela, um menino e uma menina com menos de cinco anos de idade.

A morte foi confirmada pela equipa médica do INEM no local, após as manobras de reanimação da vítima terem resultado infrutíferas.

O suspeito, de 35 anos,  fugiu e foi detido após se despistar no Itinerário Complementar 2 (IC2), ao km 144,5, na zona de Travasso, no concelho de Pombal, quando seguia no carro da família. Quando saiu de casa terá comunicado às autoridades o crime que tinha acabado de cometer.

A captura foi consumada por militares da GNR, que transportaram o suspeito ao comando territorial de Leiria, onde a detenção viria a ser confirmada por inspetores da Polícia Judiciária de Leiria, a autoridade com competência exclusiva para investigar este tipo de crimes.

No local do homicídio, na avenida cidade de Maringá, estiveram os Bombeiros Municipais de Leiria, a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) e a unidade de psicólogos do INEM, num total de nove elementos e quatro viaturas, segundo do Comando Distrital de Operações de Socorro de Leiria.

Ao local deslocaram-se ainda PSP e a Polícia Judiciária, que está a investigar as circunstâncias concretas em que aconteceu a tragédia.