Câmara refere ter  recebido inúmeras queixas sobre a poluição no recinto e nas imediações, bem como no rio e na cidade após cada mercado Fotos: Joaquim Dâmaso

O Município de Leiria realizou no passado sábado uma ação de sensibilização e informação junto dos comerciantes da Feira de Levante, com o objetivo de reduzir a deposição indevida de lixo no recinto.

No decorrer da iniciativa, os serviços da autarquia distribuíram um documento aos operadores, onde é recordado ser dever dos feirantes “manter e deixar sempre limpos os locais ou espaços de venda e respetiva área envolvente, livres de qualquer lixo, nomeadamente detritos, resíduos, desperdícios, caixas ou outros materiais semelhantes”.

Esta é uma das regras contidas no Regulamento da Atividade de Comércio a Retalho não Sedentária em Feiras do Município de Leiria, que o Município voltou a partilhar.
“Os feirantes, antes de abandonarem o recinto da feira, devem promover a limpeza dos espaços de venda que lhes tenham sido atribuídos, sendo a violação desse dever suscetível de constituir contraordenação grave”, refere o documento distribuído.

A ação da Câmara surge dias depois da reportagem publicada pelo REGIÃO DE LEIRIA sobre o lixo deixado no chão após a realização daquele mercado bissemanal.

Em comunicado, o Município refere ainda ter recebido inúmeras queixas sobre a poluição que se verifica no recinto e nas imediações, bem como no rio e na cidade após a realização de cada feira.

A autarquia frisa, na mesma nota, que o regulamento prevê “a aplicação de sanções, que podem passar pela fixação de coimas, a caducidade do direito de ocupação de espaço de venda ou a suspensão de autorização para a realização de feiras, em função da gravidade das infrações e da culpa do agente”.

Apelando à colaboração de todos “para assegurar e garantir a limpeza do recinto da Feira de Levante” de Leiria, acrescenta que intensificou a monitorização e a fiscalização sobre a deposição de resíduos no espaço da feira e que irá atuar em conformidade.