A concretizar-se a instalação, no Estádio de Leiria, do centro de diagnóstico móvel para a doença Covid-19, esse equipamento será usado apenas para casos suspeitos indicados pelo Serviço Nacional de Saúde.

A criação do centro de diagnóstico, a funcionar em regime de ‘drive tru’ – ou seja, que permite a utilização sem que o utente saia do automóvel – está a ser negociada com as autoridades regionais de saúde, revelou ontem o presidente da Câmara de Leiria.  

Gonçalo Lopes adianta que hoje estão já a decorrer os preparativos para instalar no Estádio de Leiria, em caso de necessidade, gabinetes de consulta médica e de isolamento. E deixou mais indicações sobre o serviço de testes.

Numa publicação na sua página pessoal do Facebook, o autarca recorda o objetivo, ontem anunciado, de instalar no estádio “um Centro de Diagnóstico móvel tipo ‘drive thru’”, num esforço articulado com a Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria e com os municípios da área de influência do hospital e as autoridades de saúde.

Objetivo? “Facilitar os testes laboratoriais a casos suspeitos” de infeção por Covid-19”. Contudo, deixou a indicação de que o acesso será “limitado unicamente a suspeitos de infeção devidamente referenciados” pelo Serviço Nacional de Saúde.

Para já, decorrem os trabalhos de preparar a instalação de gabinetes médicos e de isolamento. Gonçalo Lopes, presidente do município de Leiria, adianta que a medida pretende “aliviar os centros de saúde e o hospital, evitando novos focos de contágio e reduzindo também o risco de colapso dos serviços”.