A Câmara de Leiria está a negociar com a Administração Regional de Saúde do Centro, a instalação, no estádio da cidade, de um centro laboratorial para a análise e testes à Covid-19.

As negociações foram reveladas por Gonçalo Lopes, presidente da Câmara de Leiria, num comunicado, em vídeo, divulgado esta noite pelo município.

“Leiria precisa de ter condições para poder fazer testes às pessoas da região e da área de influência do Hospital de Leiria”, salientou Gonçalo Lopes. “É necessário ter esta estrutura ao serviço da região e estamos enveredar todos os esforços para que se consiga instalar esta unidade móvel no Estádio de Leiria”, reforçou.

O presidente da Câmara de Leiria, adiantou que é igualmente no estádio que estão a ser criadas condições para receber gabinetes de consulta médica e salas de retiro com o objetivo de servir “de recursos aso centros de saúde e hospitais caso necessitem”.

Está ainda a ser instalada uma “rede de espaços de isolamento que permitirá ter no estádio e nos pavilhões desportivos, condições para receber necessidades de isolamento de grande massa”, anunciou.

Num comunicado em que elenca um conjunto de medidas que vão ser implementadas esta semana, o autarca de Leiria revela igualmente que está em curso uma campanha de recolha de material médico, que conta com as instalações dos Bombeiros Municipais de Leiria como ponto de entrega.

Gonçalo Lopes apelou a “leirienses e empresários com material em excesso” para que o disponibilizem, sendo que os bombeiros o farão chegar “a quem mais precisa”.

As cidades chinesas geminadas com Leiria, são outro dos pontos da ação municipal. “Estamos a tentar adquirir material de apoio médico para servir de suporte aos profissionais de saúde e agentes de proteção civil”, referiu Gonçalo Lopes, que acrescentou estarem a ser utilizados os “contactos com as cidades irmãs chinesas”, para adquirir material médico de apoio.

Um quinto da receita do IRS paga fundo de emergência

Atenuar o embate económico da situação de crise atual, é o objetivo do fundo de emergência municipal, cuja criação foi anunciada esta noite. No valor de 1,28 milhões de euros, representa um quinto da receita de IRS arrecadada este ano pela autarquia.

“Vamos criar um fundo municipal de emergência de 1,28 milhões de euros, correspondente a 20 por cento do IRS arrecadado este ano pelo município”, anunciou o presidente da Câmara de Leiria. A verba será canalizada para apoiar “indivíduos e famílias” em situação de grave situação económica.

COVID-19. Leiria prepara plano com medidas extraordinárias

O Município de Leiria está a desenvolver um novo plano de medidas extraordinárias de forma a preparar o concelho para enfrentar a situação de emergência em saúde pública que afeta o nosso país.Conheça aqui, pela voz do presidente da Câmara Municipal de Leiria, Gonçalo Lopes, o essencial das medidas estamos a preparar e que pode consultar com maior detalhe no site do Município de Leiria, em https://www.cm-leiria.pt/pages/617?news_id=4069Publicado por Município de Leiria em Segunda-feira, 23 de março de 2020

Estas são algumas das medidas anunciadas e que deverão ser conhecidas em maior detalhe nos próximos dias.  

No seu comunicado, Gonçalo Lopes fez ainda referência à elevada afluência de pessoas, este domingo, no percurso do Polis, situação que levou a autarquia a encerrar a sua utilização.  

“Episódios como o que aconteceu no passado domingo, com grande concentração de pessoas no percurso Polis, não podem voltar a repetir-se”, alertou.