Assinar
Sociedade Exclusivo

Bares e discotecas sem calendário para abrir reclamam apoio especial

A hipótese adiantada por António Costa das atividades de
diversão noturna poderem manter-se fechadas durante o
verão aumentou a preocupação do sector

A vida noturna continua sem “calendário” para sair da escuridão em que foi lançada pela pandemia. E a preocupação dos proprietários de bares e discotecas aumentou no início da semana, com esta declaração do primeiro-ministro: “[a abertura] não está na nosso calendário”.