Os comerciantes que exercem atividade em espaços da propriedade do Município de Pombal vão contar com a isenção de rendas durante dois meses.

A medida foi aprovada ontem, dia 22, pelo executivo municipal de Pombal que decidiu igualmente a isenção de pagamento de ocupação de bancas no Mercado dos Agricultores, pelo mesmo prazo.

A medida “visa compensar os comerciantes pelo período de inatividade decorrente das medidas de confinamento decretadas no âmbito da pandemia de COVID-19”, anuncia a autarquia em comunicado.

Estas isenções somam-se a outras aprovadas anteriormente, visando o apoio à atividade económica. A redução em 50% das faturas de água, saneamento e resíduos sólidos urbanos, durante três meses e a isenção de taxas de ocupação do espaço público por esplanadas até ao final do ano, são exemplos elencados pelo município.