É a última oportunidade em 2020 para observar o fenómeno e o momento costuma resultar em muitas imagens difundidas nas redes sociais. Hoje é dia de Super Lua, ou seja, o único satélite natural da Terra vai parecer maior do que é normal.

A melhor ocasião para a observar, será no momento do nascimento, quando ela aparece no horizonte. Assim, segundo dados do Observatório Astronómico de Lisboa, na capital do país e em Coimbra, o fenómeno pode ser observado pelas 20h50, no Porto pelas 20h53, no Funchal pelas 21h11 e em Ponta Delgada pelas 20h58 horas.

O portal Ciência Viva explica que hoje é dia de lua cheia e “por ocorrer um dia depois de ter atingido o perigeu, o ponto da sua órbita mais próximo da terra (a 360 mil quilómetros de nós) esta parecer-nos-á ligeiramente maior (cerca de um décimo) do que é habitual”. “Esta é o que chamamos de Super Lua Cheia”, refere o mesmo portal.

O Observatório Astronómico de Lisboa acrescenta ainda que “a Lua cheia no perigeu é 14% maior e 30% mais brilhante do que quando acontece no apogeu. Para além disso, se for observada perto do horizonte parecerá ainda maior com um aumento extra de cerca de 5%. Este último efeito é apenas uma ilusão ótica e desaparece quando a Lua sobe no céu”.

A Lua cheia no mês de maio também é conhecida como a Lua das flores, pela probabilidade de um clima quente nesta estação do ano e ao aparecimento de um maior número de flores.

Depois de duas Super Luas, a 9 de março e 8 de abril passados, esta será a última das três Super Luas a ocorrer este ano.

Se o céu nublado não permitir a observação no dia de hoje, as previsões meteorológicas dão condições mais favoráveis no dia de amanhã, sexta-feira, pelo que o fenómeno ainda poderá ser acompanho amanhã mas com menor intensidade.