E se S. Pedro de Moel fosse uma praia para habitar ao longo de todo o ano? Se ali nascessem estúdios para atividades criativas e para novos serviços?

Artigo exclusivo para os nossos assinantes

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar