A Biblioteca Municipal Afonso Lopes Vieira (BMALV), em Leiria, junta-se à quase meia centena de 44 bibliotecas públicas municipais de Portugal presentes na Rede de Bibliotecas Associadas à Comissão Nacional da UNESCO (CNU).

Segundo comunicado da Câmara Municipal de Leiria, esta adesão vem “dar continuidade e consolidar os projetos desenvolvidos” pela biblioteca “na área da promoção da leitura e do livro” e na “promoção das diversas literacias da informação”.

As atividades a desenvolver, neste âmbito, pela BMALV compreendem o “apoio ao estudo dos alunos do 5º ao 10º ano” nas vertentes da literacia linguística, promoção da leitura e do diálogo e encontro intercultural e da igualdade de género, informa a autarquia.

O desafio para estas bibliotecas participantes na rede de bibliotecas associadas à CNU é cumprir os domínios da UNESCO através da realização de atividades que promovam os direitos humanos, a diversidade cultural, o diálogo intercultural, a luta contra o analfabetismo, entre outros princípios.

No distrito de Leiria integravam já esta rede da UNESCO as bibliotecas municipais de Figueiró dos Vinhos, Alcobaça e Batalha.