O município de Leiria é o vencedor do Prémio de Melhor Programação Cultural Autárquica, da Sociedade Portuguesa de Autores (SPA), anunciou no sábado, 10 de outubro, esta cooperativa.

A entrega dos Prémios Autores 2020 esteve para se realizar em março passado, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, mas “as limitações impostas” pela resposta à pandemia impediram a sua realização, embora o júri tenha “feito o seu trabalho” e efetuado as escolhas divulgadas, explicou a cooperativa.

Os prémios atravessam diferentes áreas artísticas, da produção televisiva e cinematográfica, à dança, à música e ao teatro.

A SPA promete para o outono de 2021 a realização da próxima gala dos Prémios Autores, “nas circunstâncias que a preservação da saúde pública vier a impor”.

Quanto ao anúncio dos vencedores dos prémios Pedro Osório, José da Ponte, Igrejas Caeiro e de Jornalismo Cultural fica prometido para o início do próximo ano, com a entrega de medalhas de honra marcada para 22 de maio, Dia do Autor Português.

As listas de vencedores e dos júris dos Prémios Autores 2020 estão disponíveis na página www.spautores.pt.

RL com Lusa