Assinar Edições Digitais
Leiria

Coletor da Aroeira rebenta e está a inundar o vale do Lis (atualização)

Interditado acesso entre as pontes da Aroeira e dos Montijos, anunciou a União das Freguesias de Monte Redondo e Carreira

O rebentamento de uma margem do coletor da Aroeira, na zona dos Montijos, obrigou na manhã deste domingo, dia 21, à interdição do acesso entre as pontes da Aroeira e dos Montijos, anunciou a União das Freguesias de Monte Redondo e Carreira.

O coletor cedeu ao princípio da manhã (Fotos: Dario Ferreira)

“Considerando tratar-se de uma a situação perigosa, solicitamos a todos os cidadãos que evitem totalmente o acesso ao local”, apelou num comunicado emitido pelas 12h00 a presidente da junta, Céline Gaspar.

A autarca alerta ainda que “fica igualmente interdito o acesso da rua do Campo aos campos e que dá ligação à ponte dos Montijos”.

“A intervenção no local apenas poderá ser efetivada com condições meteorológicas mais favoráveis tendo em consideração as características do solo. Estamos a acompanhar a situação, realizando o controlo da inundação nos campos”, refere Céline Gaspar, que agradece “a compreensão e colaboração de todos”.

Momento filmado por Dario Ferreira

“Não assisti ao início da vala a ceder, mas devia ter começado há pouco tempo”, refere, por sua vez, Dario Ferreira, que passava na zona de bicicleta.

“A água ainda passava alta e com pouca corrente, mas, em pouco tempo, uns 10 minutos mais ou menos, foi abrindo e cavando a parede até a ‘esvaziar'”, adiantou.

A vala cedeu pelas 9h00 e começou a inundar os campos na zona do chamado “castelo de Monte Redondo”, junto à passagem da linha férrea do Oeste.

A Proteção Civil acompanha a situação.