Assinar


Pombal

GNR identifica homem por armazenar 600 metros quadrados de resíduos em Pombal

O crime de tratamento de resíduos sem licenciamento é punível com uma coima até 100 mil euros.

Uma grande quantidade de resíduos, “espalhados e amontoados” numa área aproximada de 600 metros quadrados.

Foi este o cenário encontrado pela GNR de Leiria em Silveirinha Pequena, na freguesia do Carriço, concelho de Pombal, onde identificou um homem de 66 anos por tratamento de resíduos sem licenciamento.

Foi elaborado um auto de contraordenação ambiental Foto: GNR de Leiria

O suspeito foi identificado “a recolher e a armazenar uma grande quantidade de resíduos, na maioria metais ferrosos e não ferrosos”, explica a autoridade policial, em comunicado.

A ação decorreu de uma investigação levada a cabo pelo Comando Territorial da GNR de Leiria, através do Núcleo de Proteção Ambiental de Pombal.

Os militares da GNR elaboraram um auto de contraordenação ambiental que foi remetido à Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro.

O crime de tratamento de resíduos sem licenciamento é punível com uma coima até 100 mil euros.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.