Assinar
Leiria

Remoção do amianto na Secundária Afonso Lopes Vieira começou esta semana

A intervenção decorre em quatro dos cinco blocos da escola, que se encontra totalmente encerrada

Os trabalhos de substituição das telhas de fibrocimento da Escola Secundária Afonso Lopes Vieira (ESALV), no concelho de Leiria, começaram na terça-feira.

O início das obras sofreu alguns atrasos face ao inicialmente previsto e a rapidez da sua conclusão irá depender das condições meteorológicas.

Enquanto decorrer a empreitada, o acesso à escola encontra-se totalmente fechado, incluindo aos funcionários e professores, por motivos de segurança. A intervenção decorre em quatro dos cinco blocos da escola.

Ainda que não se trate do projeto de requalificação da escola, que se encontra em elaboração, “é pelo menos um grande passo”, adianta Celeste Frazão, diretora da secundária, ao REGIÃO DE LEIRIA.

A substituição da cobertura, há muito aguardada, “era extremamente importante dado às circunstâncias em que estava, especialmente um bloco que tinha telhas partidas e infiltrações”, constituindo perigo para a saúde público.

“É o melhor que nos pode acontecer ao nível de obras”, ainda que comecem pelo telhado, frisa Celeste Frazão, certa de que conferirão melhores condições de funcionamento e de segurança.

Enquanto decorrerem os trabalhos, a escola está totalmente fechada Fotografias: Joaquim Dâmaso

Esta é a primeira intervenção de remoção de amianto em escolas básicas e secundárias que a Câmara de Leiria assumiu, no âmbito de um acordo de colaboração com o Ministério da Educação celebrado em agosto do ano passado.

A empreitada, cujo investimento perfaz um total de 613.500 euros, foi adjudicada em meados de novembro à empresa Tropichance – Metalúrgica e Construção, Lda.

Além da ESALV, o programa abrange as escolas básicas D. Dinis, de Santa Catarina da Serra, Dr. Correia Alexandre (Caranguejeira), Dr. Correia Mateus, n.º 2 de Marrazes, ERainha Santa Isabel (Carreira), e Escola Básica e Secundária Henrique Sommer (Maceira).

Já a nível do distrito, o plano de financiamento para a remoção de amianto, garantido através do Programa Operacional Regional do Centro. abrange mais 12 estabelecimentos de ensino em Alcobaça, Ansião, Caldas da Rainha, Marinha Grande, Peniche, Pombal e Porto de Mós.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.