Assinar
Ansião

GNR detém suspeito de violência doméstica em Ansião

O detido terá infligido maus-tratos à esposa, referindo mesmo que pretendia pôr termo à vida da vítima.

A GNR deteve um homem de 63 anos, no concelho de Ansião, suspeito de violência doméstica. A detenção, hoje revelada pelas autoridades, ocorreu dia 18. O detido terá infligido maus-tratos à esposa, referindo mesmo que pretendia pôr termo à vida da vítima.

Os militares da GNR, aponta uma nota de imprensa, apuraram que “o suspeito infligiu reiteradamente maus-tratos psicológicos, verbais e físicos à vítima, sua esposa de 56 anos, durante os 40 anos da relação, agravando-se nos últimos cinco anos”.

Ainda de acordo com as autoridades, o agressor estava desempregado e era “dependente economicamente”. A investigação revelou que o homem “aterrorizava a vítima cortando-lhe os cabos da televisão, queimando-lhe o calçado, furando os pneus da mota em que se fazia transportar para o seu local de trabalho, e adulterando-lhe os medicamentos (cápsulas) com a administração de químicos”.

A situação corria o risco de se agravar, atendendo que de acordo com a informação agora revelada pela GNR, “nos últimos dias”, o suspeito, “havia verbalizado inclusive junto da vizinhança que iria pôr termo à vida da vítima”.

Sábado, dia 20, o homem foi presente ao Tribunal Judicial de Leiria, “tendo ficado sujeito às medidas de coação de afastamento da residência da vítima, proibição de adquirir e usar armas, proibição de frequentar a freguesia onde reside a vítima e de a contactar por qualquer meio, sob controlo de pulseira eletrónica”.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.