Assinar
Desporto

União de Leiria perde jogo mas protesta

Em causa a utilização de 12 jogadores de campo, por parte do Estrela da Amadora durante alguns instantes da partida.

A União de Leiria perdeu o jogo contra o Estrela da Amadora por 2-1, mas vai protestar o resultado devido à utilização de um jogador a mais, por parte do Estrela da Amadora, durante alguns momentos da partida.

O CF Estrela bateu esta sexta-feira, na Amadora, o União Leiria por 2-1 numa partida relativa à 3ª jornada da zona sul da fase de acesso à Liga 2.

Diogo Leitão (57′) e Latón (62′) apontaram os golos da formação amadorense, enquanto Badará (79′) marcou para os leirienses.

No entanto, o caso do jogo aconteceu nos instantes finais, aos 82 minutos, quando a equipa da casa efectuou três substituições mas só dois dos jogadores saíram de campo, ficando o Estrela a jogar com 12 atletas.

O árbitro da partida apercebeu-se do caso logo de seguida, por protestos dos leirienses, e interrompeu o jogo repondo a regularidade no encontro, com a saída de Diogo Leitão, que continuou no terreno de jogo, apesar de ter recebido ordem para sair do jogo.

Com o resultado de hoje, o CF Estrela continua a liderar a classificação geral, agora com 7 pontos, enquanto a União de Leiria mantém o 3.º posto, com 3 pontos.

Já depois do apito final, a União de Leiria apresentou protesto no relatório de jogo e irá formalizar o protesto junto do Conselho de Arbitragem.

Para Armando Marques, presidente da SAD leiriense, que compareceu na sala de imprensa, ao contrário do técnico leiriense, o plantel sente um misto de revolta, pelo que aconteceu no encontro, e de confiança, pelos desempenhos que tem demonstrado, ainda assim sem eficácia.

“Vamos protestar o jogo e mencionar no relatório quer do arbitro, quer do delegado da Federação. E dizer aos leirienses e unionistas que, hoje, apesar de sermos a melhor equipa em campo, a sorte não nos acompanhou. Temos que fazer o mea culpa, não fomos eficazes como queríamos, mas estamos cá, estamos vivos e vamos disputar até à última jornada da série aquilo que queremos. Queremos a subida à II liga”, disse.

O dirigente lembrou que, recentemente, uma situação idêntica, terminou com a derrota no encontro para a equipa “infratora”, mas a União de Leiria, por agora, apenas apresentou o protesto e vai aguardar a decisão. “Até à ultima gota de sangue vamos lutar”, reforçou Armando Marques.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.