Assinar
Caldas da Rainha

Parlamento vota recomendação ao Governo para despoluir rios Tornada e Arnoia

Projeto de resolução foi apresentado a 9 de maio, na Comissão de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território

A Assembleia da República deverá votar na próxima semana, o projeto de resolução apresentando por deputados socialistas eleitos pelo distrito de Leiria, e que recomenda ao Governo o desenvolvimento de diligências com vista à despoluição dos rios Tornada e Arnoia.

O rio Arnoia, nasce no município do Cadaval e desagua na Lagoa de Óbidos.

O projeto de resolução foi apresentado a 9 de maio, na Comissão de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território.

Subscrito pelos deputados Sara Velez, Nuno Fazenda, Hugo Pires, Raúl Castro, Elza Pais e João Paulo Pedrosa, o documento recomenda que o Governo “promova todas as diligências com vista a apurar as fontes de poluição dos Rios Tornada e Arnoia” e pretende ainda que o executivo liderado por António Costa, “promova as medidas necessárias, em articulação com os organismos públicos competentes neste domínio, que contribuam para recuperação ambiental destes cursos de água”.

O documento hoje divulgado, recomenda igualmente que o Governo “promova o reforço, junto das autoridades, da fiscalização ao longo de todo o curso dos Rios Tornada e Arnóia, com o objetivo de, progressivamente, eliminar as fontes geradoras de poluição deste curso de água”.

O rio Tornada, lembram os deputados, “é um dos cursos de água mais importantes do concelho das Caldas da Rainha”. Todavia, tem sido alvo de “descargas poluentes que põem em causa a qualidade das suas águas”. Por sua vez, o Arnoia, nasce no município do Cadaval, conta com uma barragem para fins agrícolas e desagua na Lagoa de Óbidos.

Os parlamentares consideram essencial a despoluição dos dois cursos de água.

De acordo com nota da deputada Sara Velez, a votação deste projeto de resolução deverá ocorrer na sessão plenária do próximo dia 18.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.