Assinar
Leiria

GNR apanha traficante, assaltante de casas e apreende droga, bens furtados e peixe

Em três operações realizadas nos concelhos de Leiria, Ourém e Nazaré

A GNR deteve um homem por tráfico de droga, apreendeu plantas de canábis; identificou um suspeito da prática de furtos em residências, recuperou material furtado; e apreendeu pescada subdimensionada, em três operações realizadas nos concelhos de Leiria, Ourém e Nazaré.

No primeiro caso, os militares do posto de Monte Redondo detiveram em Salgueiros, na terça-feira, dia 13, em flagrante delito, um homem de 40 anos, por tráfico e cultivo de estupefacientes

No âmbito de uma investigação por tráfico de estupefacientes, os militares “apuraram a identidade e localização do suspeito tendo realizado uma busca domiciliária, que resultou na apreensão de sete pés de canábis”, explica em comunicado o Comando Territorial de Leiria.

O suspeito foi constituído arguido e o processo remetido ao Tribunal Judicial de Leiria.

No mesmo dia, em Ourém, o Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR de Tomar identificou um homem de 25 anos por suspeita da prática de furtos em residências.

“Na sequência de uma investigação, que decorria há dois meses, relacionada com a prática de furtos em residências, os militares identificaram o suspeito e deram cumprimento a um mandado de busca domiciliária”, explica o Comando Territorial de Santarém da GNR.

No decorrer da execução do mandado de busca foi recuperado diverso material furtado, destacando-se: um forno, uma mesa de sala e oito cadeiras; uma mesa de jardim, uma cama, diversos utensílios de cozinha e entre outros materiais.

O suspeito, com antecedentes por crimes semelhantes, foi constituído arguido e o processo enviado ao Tribunal Judicial de Ourém.

Na Nazaré, o Subdestacamento de Controlo Costeiro da Nazaré apreendeu 64 quilogramas de pescada subdimensionada, com o valor estimado de 640 euros, revelaram a autoridades na quinta-feira, dia 15.

No âmbito de uma ação de fiscalização destinada ao controlo de pescado imaturo, os militares detetaram o peixe sem a medida mínima estipulada por lei para ser comercializada, no interior do Porto de Abrigo da Nazaré, o que resultou na sua apreensão.

No decorrer da ação foi levantava uma contraordenação, cuja coima pode atingir os 37.500 euros.

O pescado apreendido, depois de submetido à verificação higiossanitária, foi entregue a instituições de solidariedade social.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.