Assinar
Covid-19

Covid-19: Pedrógão Grande tem a maior incidência cumulativa de casos na região nos últimos 14 dias

Castanheira de Pera é o único concelho a registar zero casos por cada 100 mil habitantes.

Imagem em 3d do novo coronavírus

Três concelhos da região de Leiria apresentam esta semana um valor de incidência cumulativa, no período de 14 dias, superior à “barreira” dos 120 casos por 100 mil habitantes. Pedrógão Grande é o concelho com o valor mais elevado.

Numa fase em que o país ainda se encontrava em estado de emergência, esta meta chegou a ser utilizada para decidir que concelhos podiam, ou não, prosseguir com o plano de desconfinamento.

De acordo com os dados divulgados pela Direção Geral da Saúde (DGS), no período entre 7 e 20 de outubro, Pedrógão Grande registou, no final da semana passada, 498 casos por 100 mil habitantes – o valor mais alto da região de Leiria.

A incidência cumulativa a 14 dias neste concelho piorou quando comparado com o período anterior, de 23 de setembro a 6 de outubro, em que registou 351 casos por 100 mil habitantes.

Logo a seguir situam-se os concelhos de Caldas da Rainha e Ourém com, respetivamente, 261 e 128 casos por 100 mil habitantes.

No “patamar” abaixo, mas ainda acima dos 100 casos por 100 mil habitantes estão Alcobaça (102), Leiria (108), Óbidos (108) e o Bombarral (110).

Já o concelho de Peniche registou 97 casos por 100 mil habitantes, seguido da Nazaré (84), Marinha Grande (75), Pombal (74) e Batalha (62).

Entre os 16 concelhos do distrito de Leiria, são quatro os que apresentam o valor mais baixo de incidência cumulativa: Figueiró dos Vinhos (54), Porto de Mós (47), Alvaiázere (15) e Ansião (8).

A lista fica completa com Castanheira de Pera que registou zero casos por cada 100 mil habitantes.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.