Assinar
Leiria

Gonçalo Lopes reeleito presidente da CIMRL e Paulo Batista Santos será o primeiro secretário

Ex-presidente da Câmara da Batalha integra secretariado executivo. Atual presidente da Câmara de Leiria continua na presidência da comunidade intermunicipal.

Gonçalo Lopes, presidente da Câmara de Leiria, foi hoje reeleito presidente da Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria (CIMRL). Antigo vice-presidente da CIMRL e candidato derrotado na corrida pela reeleição na presidência da Câmara da Batalha, Paulo Batista Santos, será o primeiro secretário da comunidade, entidade que passa a ter um secretariado executivo.

A escolha aconteceu esta tarde, em Conselho Intermunicipal, e resultou ainda na eleição dos presidentes de câmara Jorge Vala (Porto de Mós) e Pedro Pimpão (Pombal), como vice-presidentes da CIMRL.  

Depois das últimas eleições autárquicas, com a mudança de força política em algumas das autarquias da comunidade que reúne os municípios de Leiria, Batalha, Porto de Mós, Marinha Grande, Pombal, Ansião, Alvaiázere, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos e Pedrógão Grande, poderia colocar-se o cenário de mudança na liderança da CIMRL.

Todavia, a presidência continua entregue a Leiria, município que, a 26 de setembro, contou com a reeleição, pelo PS, de Gonçalo Lopes. As vice-presidências são entregues a dois autarcas do PSD, Jorge Vala, a cumprir um segundo mandato como presidente em Porto de Mós, e Pedro Pimpão, o novo presidente da Câmara de Pombal.

Ao REGIÃO DE LEIRIA, Gonçalo Lopes elogia “a unanimidade em torno da equipa que irá dirigir a CIMRL e que mereceu o apoio de todos os presidentes de câmara e representa um voto de confiança”.

O autarca de Leiria confirma a criação de um secretariado executivo, composto pelo ex-presidente da Câmara da Batalha, Paulo Batista Santos (primeiro secretário) e a já secretária da CIMRL Alcina Costa (segundo-secretário). Estas foram escolhas que também mereceram a unanimidade do conselho intermunicipal, órgão que reúne os presidentes de câmara da comunidade intermunicipal.

Os fundos comunitários e o planeamento são as áreas em que incidirá a ação de Paulo Batista Santos (PSD), ex-presidente da Câmara da Batalha, na sua atividade de primeiro secretário. Cultura, educação, turismo e desenvolvimento do território, são dossiês no campo de ação de Alcina Costa.

Este é um modelo de organização que “permitirá criar uma nova segregação de pelouros área e um foco nestas áreas importantes”, explica Gonçalo Lopes.

As novas funções são recebidas como sendo uma “grande honra”, admite ao REGIÃO DE LEIRIA, Paulo Batista Santos. Comentando a escolha desta tarde, o ex-presidente da Câmara da Batalha adianta que esta é uma função que levará a deixar o lugar que desempenha na vereação da Batalha.  “É uma função que tem de ser exercida com total independência e dedicação a 100 por cento, sem qualquer outra atividade política ou partidária, o que inclui o exercício de funções autárquicas”.

Com o dossiê dos fundos comunitários, Paulo Batista Santos considera que este é “um desafio que considero estratégico para a região”, numa altura em que se conclui um quadro comunitário, se prepara um próximo e se começa a executar o PRR.

“Numa altura em que há alguma instabilidade política a nível nacional, a nossa região estar unida nas decisões que tomou, é um bom indicador do que é a afirmação que desejamos para a Região de Leiria”, reforça.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.