Assinar


Marinha Grande

Valorlis e Câmara da Marinha Grande querem atribuir 261 compostores domésticos

Campanha destina-se a residentes em moradias com jardim, quintal, horta ou terreno agrícola.

imagem de resíduos orgânicos usadas como fertilizante

A campanha já está em curso e, de um total de 648 compostores domésticos que a Valorlis colocou à disposição da população do concelho da Marinha, 387 já foram entregues. Os restantes 261 podem ser atribuídos a quem se inscrever no formulário que se encontra disponível na página online da Valorlis, até ao próximo dia 31 de dezembro.

O compostor será atribuído a residentes no concelho da Marinha Grande, com agregado familiar igual ou superior a duas pessoas, desde que residentes em moradias com jardim, quintal, horta ou terreno agrícola.

O compostor doméstico tem a capacidade para 300 litros, é fabricado em PEAD (Polietileno de Alta Densidade) 100% reciclado, leve, fácil de transportar e de montar pelo utilizador.

Em nota de imprensa, a Câmara da Marinha Grande esclarece que, terminado o prazo de inscrição, os munícipes são convocados para participar numa ação de sensibilização a realizar em espaço municipal, com uma componente teórico-prática. No final dessa sessão, será entregue um compostor e um guia da compostagem impresso ou em formato digital.

Os compositores atribuídos ao abrigo desta campanha “estão numerados e identificados os respetivos utilizadores, de forma a acompanhar a distribuição e uso dos mesmos”.

A Valorlis é a empresa responsável pela recolha seletiva e o tratamento de resíduos urbanos dos municípios de Batalha, Leiria, Marinha Grande, Ourém, Pombal e Porto de Mós.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar