Assinar
Cantinho dos Bichos

Homem de 80 anos condenado por maus-tratos a animal de companhia

Animal acabou por morrer, depois de transportado a uma clínica veterinária. Sentença ainda não transitou em julgado.

Um homem, de 80 anos, foi condenado à pena de 650 euros, pela prática de um crime de maus-tratos a animais de companhia, por agressão a um canídeo.

Segundo uma nota da Procuradoria da República da Comarca de Leiria, divulgada esta tarde, o Juízo Local Criminal de Leiria deu como provado que o arguido agrediu uma cadela de uma terceira pessoa e condenou-o a cem dias de multa, à taxa diária de seis euros e cinquenta cêntimos.

“Em junho de 2019, num terreno situado no concelho de Leiria, [o arguido] desferiu várias pancadas, com uma moca em madeira, na zona da cabeça de uma cadela, de 27 meses de idade, pertencente a outra pessoa, que a detinha desde pequena e com a qual havia estabelecido fortes ligações afetivas”, refere o Ministério Público.

O animal “sofreu hemorragia dos septos nasais e acabou por morrer, numa clínica veterinária para onde foi transportada por terceiros”, acrescenta a página da Comarca de Leiria.

A sentença, proferida a 2 de dezembro de 2021, ainda não transitou em julgado.

O processo, na fase de inquérito, foi dirigido pelo Ministério Público da 2.ª Secção do Departamento de Investigação e Ação Penal de Leiria, com a coadjuvação do Núcleo de Investigação de Crimes e Contraordenações Ambientais do Comando Territorial de Leiria da GNR, indica a página da Procuradoria da República da Comarca de Leiria.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.