Assinar


Sociedade

PCP realiza ações no distrito de Leiria para denunciar aumento do custo de vida

Ação do PCP visa a afirmação das propostas do partido para combater o aumento do custo de vida, nomeadamente pelos aumentos de salários, reformas e pensões.

Foto de arquivo

O PCP vai realizar a partir desta quinta-feira ações de contacto com os trabalhadores e as populações, em praticamente todo o país, para denunciar o aumento do custo de vida e a diminuição do poder de compra.

De acordo com um comunicado divulgado pelo partido, “a vida está mais cara” e é uma realidade com que os portugueses se confrontam “todos os dias”, por exemplo, no pagamento de prestações das habitações, da água e eletricidade, combustíveis, comida.

O problema, segundo o PCP, é agravado pela “cada vez maior pressão sobre os salários e pensões”.

Esta quinta-feira, o partido vai estar na Marinha Grande, a partir das 9h30, em contacto com a população na CooPovo, seguindo-se contactos com os trabalhadores da Crisal e Santos Barosa, às 12h15, e às 20h15 na BA Vidros e Gallo Vidro. Vai ainda estar presente nas Caldas da Rainha, com os trabalhadores do Call Center das Caldas da Rainha, às 15h45, da PROMOL às 16h30, e da Bordalo Pinheiro às 17 horas.

Para amanhã, o partido divide-se entre a Atlantis, em Alcobaça, pelas 12h15, e a Roca, em Leiria, às 16 horas.

No sábado, volta ao contacto com a população da Marinha Grande, no mercado municipal, durante a manhã, e em Peniche, junto às superfícies Pingo Doce e Minipreço, na praça Alves Seara, pelas 17h30.

Para a próxima terça-feira, dia 1, está marcado o contacto com os trabalhadores da ESIP, em Peniche, pelas 15h30, e no último dia da iniciativa, a 3 de março, o contacto será com trabalhadores da NOVARES, em Leiria, pelas 12h15.

Com estas iniciativas o partido pretende também identificar aqueles que segundo o PCP beneficiam com o aumento do custo de vida para as populações, assim como os “escandalosos lucros” que obtêm, e afirmar as propostas do partido para contrair a situação que denunciam, nomeadamente os aumentos dos salários, reformas e pensões.

A ação a nível nacional “decorrerá em todo o país com o envolvimento de dirigentes, deputados e outros quadros do partido”, acrescenta a nota.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar