Assinar


Cultura

“Horizonte a Oriente” inspira ciclo de cinema documental Hádoc em Leiria

Edição deste ano decorre entre 5 de abril e 28 de junho.

imagem do filme "Ostrov-ilha perdida"

O ciclo de cinema documental Hádoc vai exibir em Leiria um conjunto de documentários com ligação ao Médio Oriente e Ásia entre abril e junho, anunciou a organização.

“Horizonte a Oriente” é o tema da 11.ª edição do ciclo de cinema documental, que surge “de olhos postos a oriente”, assume a associação cultural ecO, responsável pela programação.

A partir de abril são exibidos sete filmes num programa “marcadamente virado para o oriente”, notou um dos coordenadores do ciclo, Nuno Granja.

“Este ano, quase inadvertidamente, acabámos por perceber que muitos dos filmes que julgámos relevantes têm uma ligação ao Médio Oriente e à Ásia, o que provavelmente é uma consequência do próprio tabuleiro geopolítico mundial. Os mais recentes acontecimentos na Ucrânia vieram provar isso mesmo”, frisou o programador.

A expectativa do ciclo Hádoc, criado em 2012 para divulgar cinema documental e fomentar, a partir dele, o debate e reflexão, é “trazer ao público filmes de qualidade que, se julga, tenham impacto na forma como o espetador olhará o mundo, após esta experiência em sala”, acrescentou Nuno Granja.

A programação do ciclo Hádoc 2022 compreende os filmes “Billie” (5 de abril), “Escrever com Fogo” (19 de abril), “Terra” (3 de maio), “Les Enfants Terribles” (17 de maio), “iHuman” (31 de maio), “Flee – A Fuga” (14 de junho) e “Ostrov – Ilha Perdida” (28 de junho), que passam no Teatro Miguel Franco, em Leiria.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.