Assinar
Ourém

Cenas e passos da vida de Cristo voltam a ser recriados ao vivo em Ourém

A edição deste ano chega com um novo ator a interpretar Jesus Cristo e cenas musicadas pela Filarmónica Ouriense.

A última edição aconteceu em 2019 CMO

Três anos depois da última edição, em tempo de pós-pandemia, e também pela primeira vez desde a requalificação do Castelo de Ourém, a Via-Sacra ao Vivo regressa à vila medieval, no próximo dia 15, sexta-feira santa.

Via-Sacra é um termo redutor, já que o momento inclui “cenas da vida de Cristo, via-sacra e procissão do enterro”, explica o encenador Mário Catarino.

A edição de 2022 apresenta várias novidades, entre as quais um novo Cristo. Anacleto Gonçalves irá representar o papel principal nesta recriação ao vivo, deixando para trás o papel de Judas que interpretou nos últimos seis anos.

O ator de 44 anos participa na Via-Sacra há 18 anos e aceitou o desafio porque “é um papel forte” e “exigente”, afirma.

Há quatro semanas que o grupo de uma centena de pessoas, atores e figurantes, ensaia à sexta-feira à noite, nos espaços onde a recriação se vai desenrolar, desde a entrada nas Portas de Santarém à crucifixão, no Terreiro do Paço, no Castelo. Anacleto Gonçalves junta-lhes ainda três meses sem cortar a barba para ficar com maiores semelhanças com Jesus.

Sabe que o momento mais difícil e também o mais tocante, a nível pessoal, vai ser “o encontro com a Mãe”, além do da cruz. Destes momentos recriados, Anacleto espera que quem assista possa reconhecer um Cristo sofredor.

Há pormenores e detalhes novos que se encontram logo no início nesta Via-Sacra. “Vamos ter as músicas que habitualmente eram cantadas à capella acompanhadas por instrumental”. A banda da Sociedade Filarmónica Ouriense entra em cena só a partir do encontro de Jesus com a Virgem Maria, onde começa “a verdadeira via-sacra”, e fará a procissão do enterro, completa Mário Catarino.

Sendo um evento que atrai um elevado número de pessoas, a Câmara Municipal de Ourém oferece um serviço de transfer gratuito que transporta os interessados desde a cidade até ao Centro Histórico de Ourém.

Este evento é uma organização do Município de Ourém, Paróquia de Nª Sr.ª das Misericórdias e Junta de Freguesia de Nª Sr.ª das Misericórdias e conta com as participações da Sociedade Filarmónica Ouriense, Pousada Conde de Ourém, Bombeiros Voluntários de Ourém, Forças de Segurança Pública, Agrupamento de Escuteiros das Misericórdias, entre outros parceiros.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar