Assinar
Sociedade

Campanha alerta para perigos da utilização do telemóvel na condução

A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, a GNR e a PSP vão realizar ações de sensibilização e operações de fiscalização em todo o país.

“Ao volante, o telemóvel pode esperar” é o mote para a campanha de segurança rodoviária que arranca amanhã, terça-feira, em todo o país, e se prolonga até ao dia 30.

A campanha da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), da GNR e da PSP tem como objetivo “alertar os condutores para as consequências negativas e mesmo fatais do uso indevido do telemóvel durante a condução”.

“Em 2021 foram detetadas 24.306 infrações relativas ao manuseamento do telemóvel durante a condução, o que representa um aumento de 5,5% relativamente ao ano anterior”, lê-se num comunicado enviado pela ANSR.

Segundo a mesma fonte, a utilização do telemóvel durante a condução “aumenta quatro vezes a probabilidade de ter um acidente, causando um aumento no tempo de reação aos imprevistos”.

Até ao dia 30, as autoridades vão realizar ações de sensibilização e operações de fiscalização um pouco por todo o país e de acordo com o definido no Plano Nacional de Fiscalização 2022.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar