Assinar
Fátima

GNR e PSP reforçam presença nas estradas para apoiar peregrinos de Fátima

No distrito de Leiria estão previstas supressões de vias, enquanto em Santarém as equipas da IP vão acompanhar grupos.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) e a Polícia de Segurança Pública (PSP) estão a reforçar, até ao dia 15 de maio, as ações de patrulhamento nas principais vias de acesso à cidade de Fátima, devido ao previsível aumento de peregrinos na estrada que se deslocam até ao Santuário no âmbito da peregrinação de maio, nos dias 12 e 13.

Em comunicado, a PSP refere que, durante os próximos 10 dias, vai assegurar “ações de visibilidade policial e acompanhamento aos peregrinos com o propósito de promover a coexistência segura entre a normal circulação rodoviária e a circulação pedonal destes grupos”.

As vias onde circulam os peregrinos vão ser “especialmente visadas no controlo da velocidade de circulação automóvel”.

“Tratando-se de um evento de grande impacto a nível nacional e internacional, que reúne milhares de fiéis de todo o mundo, a GNR prevê um grande número de peregrinos a efetuarem o percurso a pé, em grupos numerosos e circulando muitas vezes em vias com tráfego intenso e com bermas estreitas ou com ausência das mesmas, o que potencia o risco de atropelamento”, informa em comunicado.

Este ano, em virtude do levantamento das medidas implementadas para a mitigação da situação pandémica da Covid-19, “é esperada uma maior afluência de peregrinos”, indica a GNR.

Nesse sentido, recomenda-se aos peregrinos que adotem os seguintes comportamentos:

  • Andar em fila indiana;
  • Sinalizar o início e o fim dos grupos;
  • Não andar na estrada, mas sim pela berma;
  • Caminhar sempre na berma contrária ao sentido do trânsito;
  • Não andar em locais onde seja proibida a circulação de peões;
  • Usar sempre, quer de dia quer de noite, coletes refletores;
  • Se for preciso reunir o grupo, fazê-lo sempre fora da estrada;
  • Não usar auscultadores nem auriculares;
  • Não utilize o telemóvel durante a caminhada;
  • Fazer pausas durante a caminhada;
  • Não andar sozinho(a) durante a noite;
  • Ter cuidado especial ao atravessar as vias.

Já na cidade de Fátima e no Santuário, a GNR deixa os seguintes conselhos aos peregrinos:

  • Chegue atempadamente a fim de evitar filas prolongadas;
  • Não deixe bens à vista no interior dos veículos, guarde-os na bagageira antes de chegar ao local onde vai estacionar;
  • Não deixe documentos pessoais nos veículos, tenha-os sempre consigo;
  • Não transporte a carteira/telemóvel no bolso de trás ou na mochila, guarde-os num bolso da frente ou numa bolsa com fecho que esteja sempre em contato com o corpo;
  • Evite andar com grandes quantias de dinheiro, divida-o e distribua-o por vários locais;
  • Não leve bens de valor, nem objetos que sejam ostensivos;
  • Tenha sempre o telemóvel com bateria e o contacto dos demais elementos do grupo;
  • Logo após o fim das cerimónias, a saída deve ser calma e gradual evitando as filas prolongadas;
  • Nunca perca de vista os idosos e crianças que o acompanham, devendo estes terem sempre um contacto de um adulto do grupo.

A PSP aconselha ainda aos condutores para que pratiquem uma condução defensiva, diminuam a velocidade de circulação nos centros urbanos e, caso visualizem um grupo de peregrinos ou um carro de apoio, reduzam a velocidade.

IP realiza supressões de via na zona de Meirinhas

A Infraestruturas de Portugal (IP) anunciou hoje que, para promover a segurança dos peregrinos de Fátima que vão participar nas cerimónias de 12 e 13 de maio, vai adotar alguns condicionamentos rodoviários nos principais itinerários utilizados pelos fiéis.

Segundo a empresa, “a IP terá no terreno equipas, que irão percorrer os principais percursos utilizados pelos peregrinos”, as quais “terão como missão prestar apoio aos utentes, dar informação aos condutores e reforçar a sinalização dos desvios implementados e, em caso de necessidade, adaptar ou criar novos condicionamentos em função dos momentos de maior ou menor afluência de peregrinos”.

Assim, no distrito de Leiria, estão previstas supressões da via direita no IC “entre os quilómetros 139,5 e 140,5 na zona de Meirinhas; entre os quilómetros 156,5 e 158,9 na zona de Tinto; entre os quilómetros 162,3 e 163,4 na zona de Barreiras”.

No distrito de Santarém, “pelas características das vias utilizadas pelos peregrinos não serão efetuados condicionamentos em vias de lentos. Contudo, o número de peregrinos que percorre a rede de estradas no distrito de Santarém será elevado, pelo que haverá um reforço do acompanhamento por parte das equipas da IP”.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.