Assinar
Desporto

União de Leiria perde com Alverca e falha objetivo da subida

Apesar da derrota, os jogadores da União de Leiria foram aplaudidos no final do jogo, sendo este o último encontro da temporada.

Márcio Menino/UD Leiria

A União de Leiria estava obrigada a vencer para continuar a alimentar o sonho da subida à II Liga mas cedo essa possibilidade ficou mais distante.

Aos seis minutos, um lance na grande área da União de Leiria levou o árbitro a consultar o VAR e assinalar penálti. Gustavo Klismahn não perdoou e abriu os festejos do clube ribatejano. Já para os adeptos da casa, em maioria no estádio, o golo representou um autentico balde de água fria.

O grupo comandado por Bino Maçães não cruzou os braços e criou uma grande oportunidade por Kikas a levar a bola até à linha de fundo, aos 14 minutos. No cruzamento, Kuca não conseguiu concretizar.

Mas se de um lado não correu bem, correu melhor para o Alverca que aumentou a vantagem no marcador. Aos 17 minutos, Ricardo Rodrigues, de fora da área, rematou para o fundo das redes e deixou Fábio Ferreira a acompanhar a bola com o olhar.

Em vantagem, o Alverca desceu ao seu meio-campo e a União de Leiria acompanhou para pressionar. Kuca, Ragner e Jair foram alguns dos intervenientes nos lances de perigo mas foi por Kikas que a bola entrou na baliza. Aos 32 minutos, o lance começa em Kaká, passa por Babanco, Ragner e Jair que, já dentro da grande área, passa a bola a Kikas. O médio contorna literalmente dois jogadores do Alverca e marca em rotação. O jogo parecia relançado.

Jair podia ter empatado o encontro, pouco depois, com uma jogada rápida de Habib Sylla, como é sua tradição, mas o ligeiro desvio do avançado não foi suficiente para a bola tomar o rumo certo.

No segundo tempo, os objetivos mantinham-se: a União de Leiria tinha que marcar para continuar a lutar pelo seu objetivo, enquanto o resultado de 1-2 satisfazia o Alverca.

O ritmo de jogo diminui consideravelmente, tal como as oportunidades e os cartões tomaram conta do jogo, com faltas, picardias e verbalizações, na maioria dos casos desnecessárias para o fair play desportivo. As constantes paragens de jogo, por lesões, também não contribuíram para o espetáculo que os mais de 15 mil adeptos, mais concretamente 15.071 adeptos, se encontravam a assistir. Este foi novamente um recorde de assistência na Liga 3, esta temporada.

Para sentenciar a partida, já nos descontos, o lateral Habib Sylla viu vermelho, por falta cometida à entrada da grande área leiriense. Do livre não resultou qualquer alteração no marcador e o árbitro deu por terminada a partida.

Os poucos mas audíveis adeptos do Alverca presentes no estádio fizeram a festa de forma entusiasmada.
Apesar da derrota, os jogadores da União de Leiria foram aplaudidos no final do jogo, sendo este o último encontro da temporada.

Na próxima temporada, a União de Leiria volta a jogar na Liga 3, falhando mais uma vez o objetivo de subir de divisão.

O Alverca, vencedor do play off da Liga 3, defronta no próximo sábado, dia 21, o Sp. Covilhã, o antepenúltimo da II Liga, no play off de subida ao segundo escalão.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.

Artigos de opinião relacionados