Assinar


SOS Ucrânia

Bispo de Leiria-Fátima apela à atenção para com os milhões de afetados pela guerra na Ucrânia

José Ornelas fez o alerta no final da peregrinação internacional de junho ao Santuário de Fátima.

Santuário de Fátima

O bispo de Leiria-Fátima, José Ornelas, apelou aos peregrinos esta segunda-feira, em Fátima, para que procurem “estar atentos aos milhões de pessoas atingidas pela guerra” na Ucrânia e que os tenham presentes nas suas orações e ações de solidariedade.

“Esta solidariedade precisa de estar atenta, não apenas aos dramas diretos da guerra, mas também às suas consequências, que todos estamos a sentir agora no nosso país e no mundo inteiro, (…). Consequências que geram fome, miséria e dificuldades de todo o género”, alertou José Ornelas, pedindo pelo “dom da justiça e da paz”.

O também presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) fez este alerta no final da peregrinação internacional de junho ao Santuário de Fátima, cujas cerimónias foram presididas pelo bispo de Coimbra, Virgílio Antunes, e convidou os peregrinos a renovarem a consagração a Nossa Senhora.

Na homilia da missa da manhã desta segunda-feira, no recinto do santuário da Cova da Iria, Virgílio Antunes defendeu que a humanidade deve adotar o exemplo cuidador e o “coração de mãe” da Virgem Maria perante os problemas dos mais pobres e dos mais frágeis.

O bispo de Coimbra afirmou ainda que “o Coração Imaculado de Maria (…) é profundamente inspirador para a humanidade (…), frequentemente desorientada e perdida nas suas escolhas, nos caminhos de confronto bélico que põe irmãos contra irmãos, nos atentados à vida própria ou alheia, nas múltiplas injustiças perpetradas contra todos os mais frágeis”.

“Uma humanidade com coração de mãe não pode permitir que haja alguém que chegue ao desespero diante das dificuldades, das doenças, da pobreza ou da solidão. Cria as condições institucionais, pessoais e comunitárias, económicas e estruturais para que a ninguém falte o necessário para continuar a viver com sentido até ao fim dos seus dias”, disse o também vice-presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP).

A peregrinação de domingo e hoje ao Santuário de Fátima assinalou a segunda aparição da Virgem aos videntes Jacinta, Francisco e Lúcia, em 1917.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar