Assinar
Cultura

Capicua e Nerve reinventam os cancioneiros de Louriçal e Abrantes

O resultado da residência artística é revelado ao vivo este sábado, dia 18, no Louriçal, concelho de Pombal.

Nerve e Capicua estiveram em Pombal e em Abrantes para conhecer os grupos de música e reescrever as canções Pedro Jafuno

E se dois rappers se juntassem a grupos tradicionais para escrever canções? Foi o que aconteceu no projeto “Recanto”, dinamizado este ano pela associação Artemrede.

Os artistas portugueses Capicua e Nerve aceitaram o desafio de trabalhar com o Grupo de Cavaquinhos do Louriçal e o Orfeão de Abrantes para criar um novo cancioneiro, reescrito a partir de histórias de vida, lendas locais e outros elementos relacionados com aqueles territórios e ambas as formações musicais.

Além de um cancioneiro renovado, as residências artísticas dos dois rappers em Pombal e Abrantes vão resultar num documentário, num making of, num mural feito por estudantes de artes e na gravação em áudio dos novos temas, explica a Artemrede na página de internet.

Para já, as canções estão a ser apresentadas às comunidades envolvidas. Após concerto em Abrantes no mês passado, “Recanto” é revelado no Louriçal este sábado, dia 18, às 21h30. Capicua e Nerve vão atuar no Largo D. Luís Meneses com o Grupo de Cavaquinhos desta localidade do concelho de Pombal e o Orfeão de Abrantes (Cant’Abrantes, Grupo de Cavaquinhos e Coro misto). A entrada é livre.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar