Assinar
Cantinho dos Bichos

GNR resgata ave que estaria em cativeiro na Marinha Grande

A ave foi entregue ao Centro de Recuperação de Aves Selvagens de Montejunto, onde ficará a recuperar dos ferimentos.

A ave encontrava-se numa área florestal GNR de Leiria

O Núcleo de Proteção Ambiental da GNR de Leiria recolheu uma águia-de-asa-redonda na Garcia, no concelho da Marinha Grande, com ferimentos que indiciam que estaria em cativeiro.

Segundo uma nota do Comando Territorial da GNR de Leiria, a ave foi recolhida numa área florestal por militares do Posto Territorial de Vieira de Leiria.

“A águia apresentava mutilações severas, nomeadamente o corte das asas, e alguns ferimentos, denunciando que a mesma estaria em cativeiro”, explica a GNR na nota.

O animal foi entregue ao Centro de Recuperação de Aves Selvagens de Montejunto, do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas, onde ficará a recuperar dos ferimentos até poder ser libertada no seu habitat natural.

Na mesma nota, a GNR “reitera que a captura de aves de rapina e sua detenção em cativeiro é uma prática ilícita, causadora de desequilíbrio na biodiversidade, levando à extinção de espécies em habitat selvagem”.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.