Assinar
Fátima Exclusivo

Nesta escola, as crianças “vão ter as mãos no fazer”

Identidade pedagógica do projeto assenta nas pedagogias Waldorf (holística), José Pacheco (autonomia) e Montessori (ambiente)

“Sementes de Lys” arranca com um educador, um professor do 1.º ciclo e uma auxiliar Foto: LO

A antiga escola primária de Amoreira, em Fátima, prepara-se para voltar a ter alunos. A Associação “Sementes de Lys”, comunidade de aprendizagem alternativa, vai apoiar crianças que se encontram em ensino doméstico.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.

Artigos de opinião relacionados