Assinar
Ourém Exclusivo

Sepultura dupla descoberta na vila medieval é caso raro

Encontrada sepultura medieval de uma mulher adulta e um bebé com 24-28 semanas de gestação

Raridade desperta atenção dos estudiosos

É um caso “inédito” na área da paleopatologia. Uma sepultura medieval, de uma mulher adulta e um bebé com 24-28 semanas de gestação, com evidências de doença infecciosa (brucelose), foi identificada pela equipa que escavou na vila medieval, no âmbito do projeto de reabilitação do Castelo e Paço dos Condes.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.

Artigos de opinião relacionados