Assinar

Torneios de futebol e andebol animam manhã de domingo

Joaquim Dâmaso

Quem passa pelo parque do avião sabe que, de manhã à noite, literalmente, os campos de jogos são dos locais mais procurados pelos atletas, de todas as idades e género, da cidade de Leiria. São muitas as noites de verão em que, depois das 23 horas, ainda se ouvem festejos de golos ou a bola a bater nas redes.

Amigos de escola, da rua ou apenas adeptos de desporto, encontram-se ali e fazem uma jogatana a feijões. É ali que está a semente da jogada, do cruzamento, do remate certeiro e do festejo de braços no ar, acompanhado do grito de afirmação.

Por ser na rua que está a origem do futebol, é nestes campos que, no domingo de manhã, se realiza o Encontro de Futebol de Rua (campo 1), organizado pela Associação de Futebol de Leiria (AF Leiria), com seis equipas de traquinas, entre as 10 e as 13 horas.

Este será um dos primeiros encontros da temporada 2022/2023 para este escalão.

Vão estar presentes as equipas da Costifoot, União de Leiria, Vontade Record / Regueira de Pontes, GDR Boavista, MR Football Academy (Academia do Sporting) e GRAP/Pousos.

Os jogos 5×5 têm a duração de 15 minutos, sem intervalo.

O torneio terá ainda um convidado muito especial: Hélder Postiga, diretor da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e antigo internacional da seleção nacional AA, vai acompanhar alguns dos encontros e, com certeza, distribuir autógrafos e tirar muitas fotografias com atletas e adeptos.

Também no domingo de manhã, no outro campo de jogos (campo 2) do parque do avião, decorre um torneio de andebol, organizado pela Juventude Desportiva do Lis, com a participação de equipas sub14, masculinas e femininas. As crianças que aparecerem, serão convidadas a interagir e jogar com os atletas da Juve Lis.

Leiria é conhecida pela longa tradição da prática de andebol e são dezenas os atletas que todos os anos praticam a modalidade num dos clubes do concelho (e da região). Por esse motivo, a modalidade não podia ficar de fora do programa da Festa do Desporto.

A Juve Lis foi fundada em 1985 e dedica a sua atividade à prática do andebol masculino e feminino, com principal incidência nos escalões femininos de formação.

Na última época, o clube sofreu uma escorregadela e foi relegado para a II divisão nacional feminina, depois de uma década a brilhar nas competições nacionais e internacionais femininas, com algumas jogadoras a chegar à seleção nacional.

Também a equipa sénior masculina tem alcançado bons resultados na II divisão nacional e na Taça de Portugal.

Continuar o trabalho de formação de jovens atletas e recuperar o lugar nos patamares mais elevados dos campeonatos nacionais são os objetivos da nova direção, que tomou posse este ano.

Ver, aprender e praticar modalidades coletivas é nos campos

Este fim de semana, há motivos extra para ir para dentro das quatro linhas.

No sábado de manhã, a União de Leiria vai estar a atirar umas bolas aos cestos de basquetebol. Ao final da tarde de sábado e de domingo, também o Clube de Basquetebol de Leiria (CB Leiria) apresenta a modalidade mas numa versão mini, para os primeiros contactos com a bola, o driblar e o encestar, mas sobretudo para que os participantes se divirtam e aprendam basquetebol.

O Clube Escola Ténis de Leiria (CETL) também dirige a sua presença no certame para os mais novos, com experimentação de ténis, prova de consistência e circuito de motricidade, durante os dois dois.

A equipa da APD-Leiria, ainda que desfalcada, devido à presença de vários jogadores no estágio da seleção nacional de andebol em cadeira de rodas, que prepara a participação no campeonato da Europa e do Mundo, que se disputará em Leiria no próximo mês de novembro, vai até ao campo mostrar, para quem ainda não conhece, como se joga esta variante.

As dificuldades são muitas, não fosse uma modalidade desportiva desafiante e competitiva, mas, no final, a sensação de concretização supera as adversidades.

Outra modalidade também menos conhecida é a tripela. “Inventada” em Leiria, por Rui Matos, docente da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais, é uma modalidade coletiva, que utiliza obrigatoriamente os membros superiores e inferiores.

Se não conhece, esta é uma excelente oportunidade para observar o jogo e experimentar.
O futsal chega à Festa do Desporto através do CCR Telheiro.

O clube da cidade, com certificação da FPF três estrelas – o único do concelho de Leiria com esta classificação e o primeiro no seio da AF Leiria – reativou a modalidade há 13 anos e conta com centena e meia de atletas em todos os escalões (da mini-academia até aos seniores).

Será o trabalho de introdução à modalidade, de jogo e de diversão dentro de campo os principais objetivos da atividade realizada pelo CCR Telheiro no parque do avião.

Recorde-se que, na última época, o juvenil Andriy Dzyalochynskyy, que começou a jogar no CCR Telheiro aos 8 anos, foi convocado para a seleção nacional de futsal, estreando-se a marcar na primeira internacionalização e ainda cumpriu minutos na equipa sénior do clube. É reforço dos juniores da Burinhosa (Pataias) para esta temporada.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.