Assinar Edições Digitais
Sociedade

25 mil pessoas esperadas por dia no novo LeiriaShopping

Vinte e cinco mil pessoas são esperadas por dia no LeiriaShopping, o maior centro comercial de Leiria, investimento da Sonae Sierra que é inaugurado hoje e abre ao público amanhã, quinta-feira.

Vinte e cinco mil pessoas são esperadas por dia no LeiriaShopping, o maior centro comercial de Leiria, investimento da Sonae Sierra que é inaugurado hoje e abre ao público amanhã, quinta-feira.

Na sessão de apresentação do primeiro grande centro comercial de Leiria à comunicação social, o CEO adjunto da Sonae Sierra, Fernando Oliveira, referiu que a estimativa é que anualmente oito milhões de visitantes se desloquem ao espaço, que abriu em 1993 com o hipermercado Continente e uma galeria comercial, e recebia cinco milhões de pessoas por ano.

Fernando Oliveira destacou o investimento, de 79,7 milhões de euros, incluindo as acessibilidades, realizado no “contexto económico atual” e que gerou 900 novos empregos, aos quais há “a adicionar os 600 já existentes”.

O responsável realçou ainda o facto de a Sonae Sierra estar a inaugurar o LeiriaShopping com cem por cento das 116 lojas comercializadas, onde 23 por cento dos espaços dizem respeito a “empresas locais, com marcas próprias ou franchisados”.

“Significa que o LeiriaShopping conseguiu atrair a atenção e ser reconhecido no comércio local como o futuro destino de compras de Leiria”, declarou, apontando ainda a dimensão, a sua arquitetura e decoração, inspirada na costa de Leiria, e a “qualidade da oferta”.

Fernando Oliveira referiu também que o espaço comercial, o 52.º do portfolio da empresa, foi o primeiro centro comercial da Europa a ser certificado, na fase de construção, em segurança e saúde, com a norma OHSAS 18001, tendo igualmente obtido a certificação no âmbito do sistema de gestão de acessibilidades global.

Questionado sobre o facto de estar em estudo um outro projeto para um novo centro comercial em Leiria, no centro da cidade, o deputy CEO da Sonae Sierra considerou que “é sempre melhor não ter concorrência”, para acrescentar esta “não assusta”.

“Só vai complementar a nossa oferta, não achamos um projeto concorrente”, declarou.

O LeiriaShopping, que é inaugurado hoje, divide-se por dois pisos, onde estão 116 lojas, nove das quais de grande dimensão, caso do hipermercado Continente, FNAC, sete salas de cinema da Castello Lopes, H&M, Worten, Zara, Modalfa, C&A e Sport Zone.

Dos espaços comerciais, onde se incluem 19 restaurantes, onze não vão abrir quinta-feira, como por exemplo a FNAC, a H&M e os cinemas.

O centro comercial tem ainda 1 981 lugares de estacionamento gratuito, que se dividem por dois pisos subterrâneos e uma área exterior.

Fernando Oliveira esclareceu que o LeiriaShopping estima vendas na ordem dos 77 milhões de euros anuais, excluindo a contabilidade do hipermercado Continente.

Por seu turno, o responsável de desenvolvimento para a Península Ibérica da empresa, José Falcão Mena, admitiu que a “recuperação total do investimento é de cerca de dez anos”.

José Falcão Mena adiantou que no âmbito das acessibilidades ao centro comercial, orçadas em seis milhões de euros, falta concluir uma rotunda desnivelada nas proximidades, cuja responsabilidade remeteu para a Estradas de Portugal, mas disse acreditar que deve ocorrer “rapidamente” no âmbito do alargamento do Itinerário Complementar 2, integrada na subconcessão rodoviária do Litoral Oeste.