Assinar Edições Digitais
Cultura

O amor e a nicotina no Teatro José Lúcio da Silva

Um grande amor chega ao fim e o cigarro começa a ser o melhor amigo para um professor de matemática para quem a vida deixa de fazer sentido. Para ver sábado em Leiria, com entrada livre.

Um grande amor chega ao fim e o cigarro começa a ser o melhor amigo para um professor de matemática para quem a vida deixa de fazer sentido.

A fórmula química da nicotina – “C10H14N2” – dá nome à peça da autoria de Sandra José, que pode ser vista amanhã, sábado, em Leiria, no Teatro José Lúcio da Silva, às 21h30.

Dramaturga residente no Te-ato – Grupo de Teatro de Leiria, a autora conta a história de um homem abandonado pela sua cara metade, que recorda os momentos com a sua amada.

O tabaco torna-se o refúgio deste professor que, mesmo sabendo que vai morrer por causa da nicotina, não o abandona e entra num ciclo viciante.

O texto é interpretado por João Lázaro, que convida todos a ver a peça no Dia Mundial do Teatro, que se celebra amanhã, sábado.

“Honrem o teatro e não fumem”, aconselha o actor e encenador. O espectáculo terá tradução simultânea em Língua Gestual Portuguesa e a entrada é livre.